Câmara realiza sessão que tenta votar Reforma da Previdência

Por Mariana Torres e Guilherme Kalel

Brasília 10/07/2019 9h atualizado as 13h05

A Câmara dos Deputados iniciou no final da manhã desta quarta-feira, 10, a votação da Reforma da Previdência.
A sessão que discute o tema em Plenário, foi aberta com a expectativa de que a proposta geral seja analisada em Primeiro Turno hoje.

A expectativa também, é que a proposta seja aprovada, com margens mínimas.
Precisa-se para sair, de 308 votos dos atuais 513 deputados.
Há 510 na Câmara para votarem e nesse momento nem todos se registraram, uma tentativa da oposição em obstruir a votação.
Enquanto o governo fala em ter 339 votos, Maia evita falar em números.
O Presidente da Casa, que tem feito muito esforço para a aprovação da matéria, prometeu a votação para hoje, mas resta esperar.
Um dos Parlamentares da oposição, aguarda uma decisão que paralise as atividades vinda do poder judiciário.
Isso porque, uma proposta foi protocolada para cancelar a votação da PEC, e que ainda não foi analisada, até a publicação desta reportagem.

Desde a tarde desta terça-feira, 9, a Câmara discute a votação e o projeto da Nova Previdência, como o governo federal gosta de chama-lo.
A oposição realizou diversas manobras para tentar impedir o projeto de ser analisado, com obstruções e requerimentos desnecessários.
A sessão se alongou até a madrugada, quando os deputados decidiram cancelar as discussões.
Que foram retomadas nesta quarta-feira.

Publicado em